Gustavo Lima/Câmara dos Deputados

Deputado que ajudou Cunha quer presidir Conselho de Ética

12.02.19 13:30

O deputado Sérgio Brito (foto), do PSD da Bahia, trabalha nos bastidores para se eleger presidente do Conselho de Ética da Câmara. Ele tem pedido apoio de integrantes de seu partido e do DEM.

Com 21 membros titulares, o colegiado será renovado neste ano. Os integrantes são indicados pelos partidos para mandatos de dois anos e escolhem o presidente por meio de eleição.

Brito é integrante titular do Conselho de Ética desde 2015. Naquele ano, o parlamentar atuou para favorecer o ex-deputado Eduardo Cunha no processo de cassação do qual o emedebista era alvo.

Na época, Brito pediu vistas do processo pelo menos duas vezes para adiar a votação. Também pediu afastamento do colegiado, abrindo espaço para um aliado de Cunha assumir a vaga.

Em julho de 2016, o deputado foi ouvido pela Justiça Federal como testemunha em um processo no qual o ex-presidente da Câmara é acusado de receber propina em contratos de aluguel de navios-sonda pela Petrobras.

Segundo denúncia da Procuradoria-Geral da República, a pedido de Cunha, Brito teria assinado em 2011 dois requerimentos pedindo informações sobre auditorias em contratos da Petrobras com empresa responsável pelo aluguel dos navios.

No depoimento à Justiça Federal, o parlamentar baiano negou ser aliado de Cunha e afirmou ter um histórico de desavenças e disputas com o ex-presidente da Câmara, que acabou cassado em setembro de 2016.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
    1. Não fale asneira, você tem é que pressionar para que Janaína Paschoal seja eleita PRESIDENTE DA ALESP.

  1. ...a resistência a mudança é acirrada.Tornar o Brasil um país sério,não será fácil.Essas figurinhas carimbadas tem que ser alijadas do processo.Mesmo que tenha conseguido enganar o público menos informado ou de má fé,para se re-eleger.

  2. Conselho de Ética, no senado federal. É piada em. Bandidos tem ética. Talvez os prisioneiros tenham mais que esses do Senado.

  3. mas ate onde entendi ajudar cunha a se manter presidente da camara naquela epoca, resultou na possibilidade de tirar a dimaladrona da presidencia o que foi otimo para o brasil

  4. O conceito de ética, para os ocupantes da Câmara, é um tanto quanto complexo. Mas ainda tem gente que acredita em democracia - do povo, pelo povo e para o povo; acredita em Estado; acredita nessas coisas falidas.

  5. Este tem uma folha corrida e tanto. Tá mais prá ser cassado pelo Conselho de Ética do pertencer ao quadro. É por informações como esta que aprecio o jornalismo de Crusoé. Este tipo de sujeira foi sempre varrido para baixo do tapete pela imprensa.

  6. O que esse parlamentar fez para merecer um cargo de tanto respeito e admiração? tem que ser um que dê exemplos de ética e respeito a valores e ideais democráticos.

Mais notícias
Assine
TOPO