Reprodução

Carga com 2,7 mil toneladas de nitrato de amônio permaneceu 6 anos no porto de Beirute

05.08.20 15:20

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. rapaz, se 2.750 kg desse produto destruiu uma cidade, foi dada a largada para os terroristas terem a mesma ideia! uma pick up media ( com 500 kg ) arrassa um bairro!! perigo!!

  2. Jornalista e matemática são coisas que não combinam. 2750 kg são aproximadamente 3 paletes, que não causariam essa explosão. 2750 toneladas são, em torno de 3000 paletes.

  3. Culpados é o propuo governo libanês q recebeu vários "oficios" de avisos sobre essa carga e p.retirá-la do Porto!! 6 anos nesse Porto é p.o "Governo Libanês" dar esclarecimentos!!!😡

  4. Nem precisa investigar muito. É evidente que cartas /oficio foram enviadas a um órgão da Justiça do pais. Daí o (s) responsáveis por esse crime de tamanho descomunal são os que receberam os ofícios e não deram o andamento urgente e devido .

  5. O governo está careca de saber que há uma verdadeira bomba esperando apenas algum acidente para arrasar o porto, crucial para o abastecimento do País. Ninguém toma providência alguma. O acidente ocorre, o porto desaparece na explosão e muitos inocentes morrem ou escapam com ferimentos graves. Eis a radiografia de um desgoverno. É o retrato de um sistema político extremamente dividido, inapto, inepto e corrupto. Quem paga sempre o pato resultante da incompetência e cinismo politicos? O cidadão.

    1. Brasileiros, cuidem-se! A desgovernança aqui não é muito diferente daquela de lá.

    2. No curso do desastre previsível , os donos do "Pudê" constituem comissão de inquérito, que trabalhará intensamente, a fim de produzir um relatório inócuo. Governos ineptos vivem de comissões que debatem ad nauseam, já que são incapazes de indiciar os culpados. Comissões continuarão a reunir-se até que se verifique uma nova tragédia, que resultará numa outra comissão e mais um documento baldio. Instituições sem lideranças eficazes e compromisso com o cidadão são cascas vazias -- ou caricaturas.

Mais notícias
Assine
TOPO