Adriano Machado/Crusoé

Antaq pagou R$ 2 milhões a ex-mulher de Wassef; segundo agência, serviços foram prestados

11.07.20 10:10

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários, Antaq, enviou ofício ao deputado Nereu Crispim, do PSL, informando que a empresa Globalweb Outsourcing, de Cristina Boner Leo – ex-mulher de Frederick Wassef (foto), o ex-advogado de Flávio Bolsonaro –, teve contrato aditivado até abril deste ano. 

A companhia prestou serviços de “monitoramento e suporte técnico ao ambiente computacional” entre 2014 e 2020. Durante o atual governo, a Antaq já pagou 2,1 milhões de reais à Globalweb. Desde a assinatura do termo, no governo Dilma, o valor anual do contrato saltou de 1,4 para 1,8 milhão de reais. 

Em resposta ao parlamentar, a agência disse que “do ponto de vista técnico, todos os serviços foram prestados dentro das condições estabelecidas em edital e contrato enquanto perdurou a sua vigência”. O documento, ao qual Crusoé teve acesso, é assinado por Francisval Mendes, diretor-geral substituto da Antaq, e detalha a cronologia do acordo com a empresa. 

Nereu Crispim é da ala “independente” do PSL e questionou a Agência no final de junho sobre os contratos com a ex-mulher de Frederick Wassef. “Informo que atualmente esta Agência não possui contrato vigente com a Globalweb Outsourcing, eis que a referida avença chegou a termo”, escreve o diretor-geral substituto.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Mais notícias
Assine
TOPO